As crianças têm a fama de serem mais ingênuas do que os adultos, mas não é muito difícil ver gente grande acreditando em tudo que dizem. Sobre saúde bucal, por exemplo, é normal que reproduzam frases e ideias que nunca foram ditas pelos dentistas – e não são verdade nem de longe. Agora, para começar a fazer e falar o que é certo, que tal aprender mais sobre esse universo e desconstruir alguns mitos?

1- Só preciso ir ao dentista quando sinto dor?

Esse é o mais clássico e, talvez, um dos mais perigosos. Na verdade, a ida ao dentista não deve ser feita só em casos emergenciais, ou então quando algo já está claramente fora de ordem. O profissional de saúde bucal deve ser visitado com regularidade, em média a cada seis meses, para que, assim, problemas sejam evitados e os dentes permaneçam sempre branquinhos.

2- Terei que extrair todos os sisos?

Não é só porque eles não têm uma função específica e relevante que precisarão ser, necessariamente, removidos. Os terceiros molares podem conviver em harmonia com os outros dentes na cavidade oral, mas cada caso é um caso. Há quem só precise extrair um dente, dois ou, até mesmo, nenhum. Só quem decide o que deve ser feito é o profissional capacitado para isso.

3- Escovar os dentes duas vezes por dia é o suficiente?

Pouca gente entende a real importância da escovação. Ela, na verdade, não existe apenas para melhorar o hálito pela manhã após acordar, ou até para deixar os dentes menos amarelados. Apesar de também ajudar nesses dois aspectos, a higiene bucal é, na verdade, a melhor forma de manter-se livre de bactérias que provocam os problemas bucais. O correto é escovar os dentes da forma certa, e sempre após cada refeição.

4- A escovação precisa ter bastante creme dental?

Apesar de parecer um aspecto simples, é importante esclarecer que a medida certa de creme dental para uma escovação eficiente é bem diferente do que se pensa. Na verdade, quando se exagera na quantidade, é possível inclusive colocar a saúde bucal em risco. O ideal é manter a moderação. Menos é mais!

5- Cárie só acontece na infância?

Não, ela não é exclusiva dos pequenos e pode ser uma verdadeira dor de cabeça para os adultos, por esse motivo, é importante ter cuidado. A cárie é um problema bucal bastante comum que, em casos mais graves, pode levar a necessidade de uma tratamento de canal para correção. A boa notícia é que ela pode ser facilmente evitada por meio de uma boa limpeza na cavidade oral, bons hábitos alimentares e visitas regulares ao dentista.

6- Todo tratamento ortodôntico é longo?

Por acreditar nesse mito, há quem até desista de colocar aparelho fixo. O medo de passar anos e anos com o sorriso metálico é apenas mais uma preocupação resultante da falta de informação. A verdade é que o tempo de tratamento não é necessariamente longo, e muito menos igual para todos. São diversos os fatores que influenciam na duração e abordagem do dentista, e todos eles serão analisados para atender o caso do paciente da melhor maneira possível.

Como você avalia esse artigo?

Clique em uma estrela para classificá-la!

Classificação média / 5. Contador

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar esta postagem.